Mesa Diretora recebe representantes do Movimento de Schoenstatt

por Gustavo Menegusso - Ascom/Câmara FW publicado 11/05/2022 09h14, última modificação 11/05/2022 09h14
No encontro foram dialogadas sobre demandas da entidade e iniciativas para fomentar o turismo religioso
Mesa Diretora recebe representantes do Movimento de Schoenstatt

Visita integrou ações do Projeto Diálogos (Foto: Gustavo Menegusso/Ascom Câmara FW)

A importância de fomentar o turismo religioso foi tema de encontro do Projeto Diálogos na última segunda-feira, 9, quando a Mesa Diretora do Poder Legislativo de Frederico Westphalen recebeu, na Câmara, a visita de representantes da diretoria do Movimento de Schoenstatt. Participaram do momento o presidente da entidade, Regis Titon, o vice-presidente Marcel Vendruscolo, o secretário Fernando Panno, além de Jacson Freitas (patrimônio) e Debora Dalegrave. As lideranças foram recepcionadas pelo presidente do Legislativo, Leandro Mazzutti e os vereadores Jorge Alan Souza e Raul Pazuch da Silva e diretor da Casa, Leandro Tibola. “Viemos fazer essa visita com o intuito de compreender como a Câmara de Vereadores pode nos apoiar em nossas demandas. Nossa estrutura é grande e é mantida atualmente somente por doações de visitantes e da comunidade, além das promoções que são organizadas pelos voluntários do Movimento”, comentou Titon.

Durante o encontro, o secretário da entidade também aproveitou o momento para explicar aos edis mais detalhes sobre o Santuário de Schoenstatt, um dos pontos turísticos mais visitados do município. “É um espaço particular, que pertence às Irmãs de Maria, de Santa Maria, local onde se concentra a maior parte da comunidade de Schoenstatt do país. É um Movimento que veio da Alemanha e está há mais de 100 anos no Brasil e há mais de quatro décadas em FW. Aqui, o Santuário já existe há uns 20 anos e é um dos 23 que estão espalhados por todo o país. Apesar de ser particular, o local atrai muitos visitantes na ideia de turismo religioso. Todo mundo que vem para FW visita o Santuário de Schoenstatt. Então, nossa dificuldade está na manutenção dessa estrutura. Nossas despesas, em média, são entre R$ 4 mil e R$ 5 mil por mês”, detalhou Panno.

Elencar demandas para diálogos com o Executivo e possibilidade de Parceria Público-Privada

Após ouvirem os representantes, os vereadores destacaram a importância de o Movimento elencar quais as principais demandas e proporem uma reunião com a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo para ver a possibilidade de se buscar uma Parceria Público-Privada (PPP) ou de buscar recursos junto aos Ministérios. “No ano passado, foi solicitada à Administração Municipal inserir no Plano Plurianual a criação de um departamento técnico, voltado especificamente para atender as demandas das entidades e auxiliá-las com a busca de recursos junto ao governo federal”, destacou Mazzutti, que indicou também para que o Movimento buscasse um espaço de representatividade junto à Fundação Para o Desenvolvimento da Cultura e do Turismo (Fundectur).

Necessidades de políticas públicas municipais para as entidades

O vereador Jorge Alan também se pronunciou e destacou a importância do turismo religioso para o Brasil, que movimenta, em média, R$ 15 bilhões por ano. “São feitas cerca de 18 milhões de viagens por ano a mais de 300 destinos religiosos no país. E o Ministério do Turismo tem alguns incentivos, só precisamos ter uma estrutura municipal para isso. Sabemos que as instituições fazem um trabalho muito importante, mas será que conseguirão sobreviver somente com o trabalho voluntário? Precisamos organizar políticas públicas municipais que beneficiem todas as entidades”, pontou Souza.

 Ao fim do encontro, o presidente do Movimento agradeceu essa primeira conversa com o Poder Legislativo. “Agradecemos por esse diálogo, acho que precisamos nos unirmos para fortalecer o nosso turismo religioso”, finalizou. Mazzutti também agradeceu a visita e colocou a Câmara à disposição para novos diálogos.

Santuário irá recebe visita de cerca de 200 jovens que irão para o Jornada Mundial da Juventude

Segundo a diretoria do Movimento de Schoenstatt, o Santuário Tabor Porta do Céu receberá nos próximos meses cerca de 200 jovens que irão para a Jornada Mundial da Juventude em 2023. “Receberemos aproximadamente uns cinco ônibus com pessoas de todo o Brasil, que irão para a Jornada. Eles estarão fazendo um tour pelo país e aqui na região querem conhecer o nosso Santuário”, destacou o presidente.

error while rendering plone.comments