União e Creluz apresentam parceria sustentável e com legado para o futuro

por Gustavo Menegusso - Ascom/Câmara FW publicado 13/01/2022 12h12, última modificação 13/01/2022 12h12
Presidente da Câmara, Leandro Mazzutti, representou o legislativo no ato de assinatura do contrato entre as entidades
União e Creluz apresentam parceria sustentável e com legado para o futuro

Anúncio ocorreu na sede da AEFW - Foto: Heloise Santi

O União Frederiquense de Futebol e o Grupo Creluz formalizaram nesta semana uma importante parceria que poderá perdurar pelos próximos 50 anos, gerando frutos sustentáveis com foco na educação, formação e meio-ambiente a Usina “Sol da União”, que vai possibilitar a geração de energia solar e, consequentemente, a iluminação do campo da arena.

O presidente da Câmara, Leandro Mazzutti, acompanhado do vereador Raul Pazuch da Silva, prestigiaram o ato, representando a Câmara municipal. Em seu pronunciamento Mazzutti lembrou as reuniões que tiveram, juntamente com a direção do clube e o executivo, com a presidência e direção da Creluz para viabilizar esse projeto. “Estamos imensamente felizes em poder fazer parte deste processo, desta construção que tem visão de futuro e que é o primeiro passo para tornar a arena do União um modelo de estádio sustentável, ambientalmente correto, com a usina solar, captação e reutilização de água, espaço verde, lâmpadas de LED, reciclagem do lixo e outras tantas ações que estão sendo previstas”, comentou.

A usina será instalada em um espaço de 1 hectare com capacidade de geração de 1 megawatt, suficiente para abastecer 500 residências, concessão por 25 anos, prorrogável por igual período. “Para a Creluz muito mais que um projeto econômico é de educação, sustentabilidade, um projeto que vai de encontro com algo que a Creluz já faz”, salientou.

Com essa proposição, será possível instalar as lâmpadas de LED com vida útil de 90 mil horas, alto índice de iluminação e baixo consumo de energia. “A Arena, no futuro, será um grande palco de ações ambientais sendo o futebol um produto final de uma associação porque a arena e da comunidade e precisamos pensar no futuro para a comunidade”, comentou o presidente do clube.

Ao completar quatro anos de fundação a arena recebe muitas melhorias para iniciar o campeonato gaúcho em 22 de janeiro.

error while rendering plone.comments